Comunicação de Ilicitudes

CANAL DE COMUNICAÇÃO DE INDÍCIOS DE ILICITUDES

Objetivo: Canal de comunicação para ser utilizado por funcionários, colaboradores, cooperados, parceiros, fornecedores e qualquer outra pessoa, para reportar, sem a obrigatoriedade de se identificar, situações com indícios de ilicitude de qualquer natureza, relacionadas às atividades da Coopecremt-UFMG.

Forma de registro: No formulário eletrônico disponível ao lado, os interessados devem realizar o registro das informações, com a maior riqueza de detalhes possíveis.

REGULAMENTO DO CANAL PARA COMUNICAÇÃO DE INDÍCIOS DE ILICITUDES

Objetivo

Este regulamento tem como objetivo expor as normas referentes ao canal de comunicação, através do qual funcionários, colaboradores, cooperados, parceiros, fornecedores e qualquer outra pessoa, para reportar, sem a obrigatoriedade de se identificar, situações com indícios de ilicitude de qualquer natureza, relacionadas às atividades da Coopecremt-UFMG.

Sigilo

As comunicações aqui colocadas serão tratadas com total sigilo e sem a necessidade de identificação do remetente.

Explicações

– A comunicação e o registro das informações serão realizados, pelo site www.coopecremtufmg.com.br através do preenchimento de formulário eletrônico, sem a necessidade de identificação do remetente. – O responsável pela denúncia poderá, por sua própria vontade, informar seus dados para que possa receber, posteriormente, resposta acerca dos fatos registrados.

– Os registros serão encaminhados a um profissional da cooperativa, designado para fazer a apuração das informações e dos fatos, assegurando assim a independência, a imparcialidade, a confidencialidade e a isenção no tratamento desdes registros.

– A comunicação junto ao Banco Central do Brasil estará sob responsabilidade da Coopecremt-UFMG e deverá ser realizada em até dez dias úteis contados a partir do conhecimento ou o acesso à informação.

– Serão confeccionados relatórios semestrais, com orientação nas datas-base de 30 de junho e 31 de dezembro, contendo: o número de registros recebidos, suas origens, as áreas constantes, qual o tratamento destinado a cada situação, o prazo médio de tratamento e as medidas adotadas pela Coopecremt-UFMG.

– O relatório semestral deverá ser aprovado pelo Conselho de Aadministração e/ou pela Diretoria da Coopecremt-UFMG, e mantido à disposição do Banco Central do Brasil pelo prazo mínimo de cinco anos.

Formulário de contato

Coopecremt UFMG

Email: faleconosco@coopecremtufmg.com.br
Telefones: 
(31) 3491-3067 | 3443-2333 | 3443-2434 | 99764-3224 (WhatsApp)
Ouvidoria: (31) 0800-031-3171 | Email: ouvidoria@coopecremtufmg.com.br

Av. Professor Magalhães Penido, 689 – Pampulha, 31.270-700 – Belo Horizonte – MG